terça-feira, 28 de dezembro de 2010

Passagem de Ano

“Adeus Ano velho
Feliz Ano Novo...”
O que mais quero
É alegrar ao povo.
 
Um povo sofrido
Mas nunca esquecido;
É o futuro que se apresenta
Pela esperança que se representa.
 
Sentimentos em nós a Esperança
Que Poe um fim a desesperança;
É como o nascimento de uma criança,
Unida a nós oferecendo uma aliança.
 
Feliz Ano Novo

Décio di Giaimo

2 comentários:

Daniela disse...

Fabinho !!!!

Valeu pela homenagem ao meu Pai.
Com certeza, ele merece essa homenagem e muito mais.
São tantas poesias que ele escreveu, que só hoje entendo como ele foi sincero e sereno.
Continue postando as suas poesias, tenho certeza que onde quer que ele esteja, está muito orgulhoso por saber que damos valor a tudo que ele escreveu e nos ensinou.

Pai.. te amo !!!!
Sinto muitas saudades de vc... o tempo todo !!!

Anônimo disse...

Transcrevo abaixo uma franse em homenagem ao meu querido irmao Décio, por ocasiao do seu aniversario transcorrido dia 18 de maio p.passado. Essa homenagem vai ao grande poeta que ele foi, cheio de AMOR, SENSIBILIDADE E CARINHO com todos que o circundaram.
"as lagrimas de um poeta nem o mais sabio dos homens podera' decifrar pois, se esta' alegre, ou se esta' triste, so' o papael respondera'"
Beijos da mana que muito te ama Fulvia

Postar um comentário